Desdia dos Pais

Em 09 de agosto de 2017 por Daniel Cariello

Aqui em casa, este ano comemoramos o Dia dos Pais uma semana antes. Antecipando-me aos que poderiam supor se tratar de nova tendência hypster, alerto: não foi por querer. Juro. Comentei com a minha filha Louise que a data estava se aproximando, e ela convenceu a mãe, francesa, e por isso alheia às festas brasileiras, a saírem em busca de um presente para mim. Logo de manhã, Louise me desejou “feliz Dia dos Pais, meu papai querido”, e me entregou os mimos: um bloquinho de anotações, com estampa estilizada de abacaxi, um lápis-borracha a apontar, um marca-página e um coração em papel, que se desdobra em flor, com as pétalas trazendo elogios ao melhor pai do mundo. Eu, no caso. Acontece que o melhor pai do mundo se enganou de data. E só descobriu quando o melhor pai do mundo dele, o meu pai, no caso, respondeu à mensagem matinal

Quando você se vê no palco

Em 07 de agosto de 2017 por Carolina Nogueira

Fiel à sua própria tradição de um teatro que faz pensar e que implica o

Velha demais pro Cão Véio

Em 03 de agosto de 2017 por Dani Cronemberger

Envelhecimento é algo que, quase sempre, tem muito mais a ver com a cabeça do que com o corpo. A idade real da pele e dos músculos não tem a menor importância aqui: velha, no caso, é minha idade

Tudo o que ela faz tem alma

Em 31 de julho de 2017 por Carolina Nogueira

Você talvez nem saiba, mas você conhece o projeto final de Mestrado da minha amiga

Ipê: o pecado capital de uma fotógrafa

Em 24 de julho de 2017 por Zuleika de Souza

  Resisti até onde pude. Mentira! Eu não resisto. Fotógrafos sérios resistem aos ipês, eu