A 5km do Congresso, a vida acontece

Em 10 de outubro de 2017 por Carolina Nogueira

 

Não é que, em Brasília, a gente pode facilmente se fechar em bolhas. É que, em Brasília, se você não fizer muito, muito esforço, você vai se fechar em bolhas. Aquela vida homogênea, sem conflitos, todo mundo pensa igual, confortável. Um saco.

Acontece que, como a gente já cansou de falar, se sua vida em Brasília está chata, repetitiva, tediosa, talvez o problema não seja Brasília. E o Sertão & Mar é a maior prova disso. Porque ainda por cima é perto. É a dois passos.

Agora nem me olha com essa cara de quem não quer suar. Nem me vem com suas restrições alimentares todas. Nem começa com esse papo de quem não curte forró, sertanejo, Simone & Simária, Wesley Safadão e companhia ilimitada. Eu também não, mas o Sertão & Mar não é sobre isso. É sobre a vida. E pra descobrir você precisa sair do seu trabalho numa sexta-feira ao meio-dia em ponto e atravessar o portal que separa o resto da Vila Planalto deste universo paralelo.

Oficialmente, trata-se de um self-service com churrasco que tem música ao vivo, com o repertório supracitado. Na prática, é o ponto de encontro de um amplo espectro de pessoas que decide aproveitar o almoção da sexta pra descontrair – seja lá o que você entenda por descontrair.

Os primeiros a chegar são da turma do ponto eletrônico: a galera que chega cedo e sai cedo e vem mais pra almoçar mesmo, tomar uma cervejinha, ver o povo. Mas coitado de quem tem que vai botar o polegarzinho às duas em ponto na repartição. Porque é aí que a coisa está esquentando no Sertão & Mar.

Dizendo a Tati, que me introduziu neste universo, que é pontualmente às três da tarde que chega a turma da balada. Moças no salto de acrílico, devidamente escovadas e maquiadas, e que desenvolvem na pista de dança passos que nem que eu tivesse feito lambada por três gerações seguidas na academia. Rapazes de calça justa, camiseta da moda com estampas miúdas, ubersexuais misturados aos donos de proeminentes barriguitas de chope.

No meio do salão lotado, a conversa rola solta. Convites para um arrasta-pé. Gente bonita, clima de paquera. E aquela sonzeira, e aquele calorzão, e a pista de dança lotada. A vida, basicamente. Mas olha: aproveita, porque seis da tarde já era. Música desligada, luzes acesas, se você enrolar um pouco varrem teu pé.

Estava há um mês querendo falar da lindeza da experiência que foi almoçar no Sertão & Mar quando a Zuzu me mostrou as fotos incríveis que ela tirou na sexta passada. Mas a Zuleika, vocês sabem, sebastiãosalgadiza a vida. A realidade talvez seja mais dura que esses cliques incríveis em preto e branco. Mas é também ainda mais divertida.

Bora?

Sertão & Mar
Rua DFL, Área Especial, s/n – Acampamento DFL
Vila Planalto
3306-3016
Aberto diariamente das 11h às 18h, música ao vivo às sextas e nos finais de semana (segundo fontes: melhor dia, disparado, sexta-feira).

  • Fernanda Martins

    Olá, queria ver as outras fotos. Eu estava lá! Tem algum flickr?