Que tipo de pessoa acaba com uma feira de adoção?

Em 04 de novembro de 2016 por Dani Cronemberger

gato-mau-humorado

É uma pergunta sincera. Que tipo de pessoa é essa? Capaz de mexer seus dedos para ligar pra Agefis e reclamar do barulho de uma feirinha de adoção de animais? Feirinha do diminutivo mesmo, porque ela era minúscula. E só acontecia aos sábados, durante o dia. Não, meus amigos, não era uma rave de cachorras no cio e gatos drogados urrando pela madrugada.

Já passei pela 108 Sul em dia de feira e aquilo, gente, nem feira era, vamos falar a verdade. Tinha umas duas ou três grades com alguns gatos e cachorros, a maioria filhotes, à espera de alguém pra cuidar da vida deles. Dar comida, casa, carinho. Eu passava reto e correndo, tomava o cuidado de nem virar o pescoço, pra não cair na tentação e levar mais um pra Arca de Noé que se tornou a minha casa.

Mas não, um(a) morador(a) inconformado com o barulho nuclear de um minúsculo e raro evento de adoção, feito por voluntários, achou que era melhor ligar e mandar fechar aquela bodega, aquela perturbação da ordem pública, um verdadeiro e gigantesco problema para a tradicional família brasileira.

E a Agefis, com as normas lá na montanha e o bom senso lá no fundo do poço, pegou seu carro, seu distintivo, e saiu da repartição pra acabar com essa farra. Essa pouca vergonha de ficar doando amor por aí. Que baixaria isso de querer ajudar, de fazer os outros felizes. Bom mesmo é dedicar a vida, né morador(a), a pôr fim às coisas.

Que tipo de pessoa é essa? É sério, me pergunto mesmo. Dei o nome de Braga a ela. E Braga é homem, mas pode ser mulher também. O Braga tem a pele boa, bem hidratada, mas secou por dentro e faz tempo. Ganha bem, é bem vestido, mas tem mau hálito e ninguém ri das suas piadas. Braga desejou muito ter sido uma coisa na vida, e foi outra. Como vingança, se dedica a ser desagradável. Grande Braga. Vive de impedir os outros, já que ele se perdeu no próprio impedimento.

Mas Braga, meu bem, você não vai conseguir eliminar as pessoas legais e felizes deste mundo. Só pra irritar, resolvi te avisar que elas estarão reunidas neste sábado, no Mercado Cobogó, pra uma feirinha de plantas e de produtos do Clube do Gato, que usa a renda para ações de resgate e doação de gatinhos lindos, fofos e felizes. Beijinho no ombro, tá Braga. Vai se tratar.

PS: peço desculpas aos Bragas legais da vida real, eu precisava de um nome.

Bora?

Feira de Quintal e Clube do Gato
Plantinhas, mudas, temperos
Produtos fofos do Clube do Gato (a renda vai pros gatinhos resgatados)
Sábado, 5/11, das 10h às 20h
No Mercado Cobogó, 704/705 Norte
Evento no face: aqui

  • Jack Lima

    A feira no cobogó será com o Abrigo Flora e Fauna?

    • Dani Cronemberger

      Não, Jack, mas vai ter produtos pra ajudar o Clube do Gato 🙂