Exposição Lembrar que a água circula por debaixo das ondas – Samantha Canovas

Em 19 de julho de 2016 por Dani Cronemberger

1

Lembrar que a água circula por debaixo das ondas, primeira exposição individual de Samantha Canovas, com curadoria de André Vechi, traz uma série de trabalhos inéditos e ficará em cartaz na Galeria Ponto, de 06 de agosto a 03 de setembro.

As obras, produzidas entre 2015 e 2016, sendo algumas feitas especialmente para a mostra, revelam o comprometimento da artista com o processo inaugurado ainda na época da sua graduação em artes plásticas na Universidade de Brasília. O aprofundamento nessas questões traz inclusive a reconfiguração de alguns trabalhos anteriores.

Sua pesquisa parte da pintura mas escapa dos aspectos representativos da mesma, debruçando-se principalmente sobre a materialidade de seus componentes, a saber: a lona e o chassi. Esses elementos são explorados a partir da gestualidade da artista, muitas vezes em um viés de uma construção negativa: desfiando as telas, fazendo surgir diferentes imagens.

Na abertura, será lançado o múltiplo Registros Temporais em Espaços Específicos, que recupera o procedimento utilizado em uma série de obras em 2012 em que telas eram colocadas no chão, tomam para si a matéria do espaço, a sujeira, os resíduos e a marca dos pés dos passantes, criando uma imagem singular. O múltiplo é feito a partir de pedaços de cinco telas espalhados em diferentes espaços de diferentes cidades, escolhidos de acordo com lembranças afetivas da artista.

Ao fim do ciclo de visitação também teremos um bate papo com a artista pra conversar um pouco mais sobre seus processos criativos e sua trajetória artística.

Abertura: 06 de agosto, das 19h às 22h
Lançamento do múltiplo: 06 de agosto
Período de visitação: 06 de agosto a 03 de setembro
Bate papo com artista: 01 de setembro, das 19h às 21h

Estão todxs convidadxs!

Comentários fechado.